Casa do Corpo Santo/Museu Barroco - Setúbal

A Casa do Corpo Santo/Museu Barroco encontra-se em vias de classificação como Monumento de Interesse Público, com zona especial de proteção, a Casa do Corpo Santo é um importante imóvel ao nível de relevância histórica, arquitetónica e museológica, tendo albergado uma confraria de navegantes, armadores e pescadores de Setúbal, cuja origem remonta ao século XV.

Localizada na Rua do Corpo Santo, junto da Igreja de Santa Maria, o edifício foi alvo de obras de requalificação, terminadas em 2012.

A Casa do Corpo Santo alberga a exposição permanente “Instrumentos de Ciência Náutica – Coleção de Ireneu Cruz”, acervo entre o qual constam mais de centena e meia de artigos doados à Câmara Municipal.

Instrumentos de várias épocas, como bússolas, compassos, faróis de posição, óculos náuticos e um radiogoniómetro portátil podem ser apreciados no piso térreo, enriquecido ainda com textos e legendas escritas, na grande maioria, pelo próprio Ireneu Cruz.

Também no piso térreo, numa sala anexa, um documento audiovisual faz uma reconstituição em três dimensões da área de Setúbal antes da construção, em 1714, da Casa do Corpo Santo, elaborado, parcialmente, com base nos resultados das escavações arqueológicas realizadas no local.

No primeiro piso encontram-se peças do acervo do Museu de Setúbal/Convento de Jesus do período Barroco, onde estão expostos artigos de pintura, escultura e ourivesaria, a maioria de arte sacra.

A Sala do Vestíbulo, com um fresco sobre a antiga vida comercial setubalense no teto, serve de entrada para a Capela do Corpo Santo, totalmente forrada a talha dourada ao “Estilo Nacional”.

Na Sala do Despacho podem-se apreciar painéis de azulejos azuis e brancos, retratando cenas de lazer da aristocracia, como caçadas, e do trabalho do povo. Destaque para uma peça de grandes dimensões colocada naquele espaço, o Cofre do Sepulcro, datado do século XVIII.

Casa do Corpo Santo/Museu Barroco

Fonte: www.mun-setubal.pt