Museu do Trabalho Michel Giacometti - Setúbal

O Museu do Trabalho Michel Giacometti é um museu municipal, criado em Setúbal em 1987. Sediado numa antiga fábrica de conservas de peixe que foi adaptada a museu em 1995. O edifício é constituído por cinco andares e está integrado num antigo bairro de pescadores, salineiros e operárias conserveiras que trabalhavam na ex-fábrica Perienes.

O museu dedica-se dominantemente ao património industrial e ofícios urbanos ligados ao comércio, serviços e às antigas fábricas de conserva e litografias sediadas no concelho de Setúbal, possuindo ainda uma coleção de alfaias agrícolas (Michel Giacometti) e de ofícios tradicionais.

Museu do Trabalho Michel Giacometti

Fonte: www.patrimoniocultural.pt

Jardim de Vanicelos - Setúbal

O Jardim de Vanicelos foi projetado, entre 1996 e 1997, em simbiose com as formas naturais do terreno e integrando o pinhal preexistente, proporcionando uma agradável frescura e um certo isolamento da via de circulação e das construções habitacionais que o envolvem.

Localizado na freguesia de São Julião, na zona das Amoreiras, este jardim público ocupa uma área de 4.367 metros quadrados.

A zona de recreio, frequentada diariamente por pessoas de todas as idades, comporta vários equipamentos urbanos, como bancos, candeeiros, papeleiras e um parque infantil.

Jardim de Vanicelos

Fonte: http://www.mun-setubal.pt/

Cinema Charlot – Auditório Municipal - Setúbal

O Cinema Charlot é um espaço vocacionado principalmente para sessões de cinema, mas igualmente com capacidade para acolher eventos de outra natureza, como conferências ou colóquios.

Apresenta uma programação cinematográfica de qualidade, com sessões diárias às 21h30 e aos sábados e domingos também às 16h00.

Os preços dos bilhetes contemplam descontos para jovens e seniores.

O Charlot, particularmente orientado para a exibição de cinema e vídeo, foi adquirido pela Autarquia em 1998, reabrindo, dois anos depois, em 31 de maio de 2000, após obras de recuperação. Desde esta data registou um número estimado de 226 mil espectadores de sessões regulares de cinema.

Em 2011 foi objeto de importantes obras de requalificação, visando a resolução de problemas no domínio da drenagem de águas e a implementação de várias melhorias, como climatização da sala, segurança contra incêndios, instalações sanitárias para cidadãos portadores de deficiência, equipamento de projeção vídeo, pisos e revestimentos e nova decoração.

Este equipamento cultural integra a Europa Cinemas, rede europeia de salas de cinema, pela qualidade da programação apresentada, e a CICAE – Confederação Internacional dos Cinemas de Arte e Ensaio.

A programação de cinema é assegurada no âmbito de um protocolo entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Associação Cultural Festroia.

O Cinema Charlot acolhe anualmente o FESTROIA – Festival Internacional de Cinema de Setúbal.

Não obstante a vocação orientada para a Sétima Arte, recebe, igualmente, uma panóplia variada de outros eventos, como encontros, seminários, congressos e outras atividades similares.

A sala tem uma lotação de 239 lugares.

A bilheteira funciona todos os dias, das 14h30 às 18h30 e das 20h00 às 22h00.

Cinema Charlot – Auditório Municipal

Fonte: www.mun-setubal.pt/

Casa do Corpo Santo/Museu Barroco - Setúbal

A Casa do Corpo Santo/Museu Barroco encontra-se em vias de classificação como Monumento de Interesse Público, com zona especial de proteção, a Casa do Corpo Santo é um importante imóvel ao nível de relevância histórica, arquitetónica e museológica, tendo albergado uma confraria de navegantes, armadores e pescadores de Setúbal, cuja origem remonta ao século XV.

Localizada na Rua do Corpo Santo, junto da Igreja de Santa Maria, o edifício foi alvo de obras de requalificação, terminadas em 2012.

A Casa do Corpo Santo alberga a exposição permanente “Instrumentos de Ciência Náutica – Coleção de Ireneu Cruz”, acervo entre o qual constam mais de centena e meia de artigos doados à Câmara Municipal.

Instrumentos de várias épocas, como bússolas, compassos, faróis de posição, óculos náuticos e um radiogoniómetro portátil podem ser apreciados no piso térreo, enriquecido ainda com textos e legendas escritas, na grande maioria, pelo próprio Ireneu Cruz.

Também no piso térreo, numa sala anexa, um documento audiovisual faz uma reconstituição em três dimensões da área de Setúbal antes da construção, em 1714, da Casa do Corpo Santo, elaborado, parcialmente, com base nos resultados das escavações arqueológicas realizadas no local.

No primeiro piso encontram-se peças do acervo do Museu de Setúbal/Convento de Jesus do período Barroco, onde estão expostos artigos de pintura, escultura e ourivesaria, a maioria de arte sacra.

A Sala do Vestíbulo, com um fresco sobre a antiga vida comercial setubalense no teto, serve de entrada para a Capela do Corpo Santo, totalmente forrada a talha dourada ao “Estilo Nacional”.

Na Sala do Despacho podem-se apreciar painéis de azulejos azuis e brancos, retratando cenas de lazer da aristocracia, como caçadas, e do trabalho do povo. Destaque para uma peça de grandes dimensões colocada naquele espaço, o Cofre do Sepulcro, datado do século XVIII.

Casa do Corpo Santo/Museu Barroco

Fonte: www.mun-setubal.pt

Milénium21 Recursos Humanos - Setúbal

M21Rh

A M21Rh, criada em Janeiro de 2013 , é uma empresa jovem que nasceu para se colocar competitivamente no mercado da prestação de serviços nas áreas em que atua, para dar resposta a novos desafios, bem como para aumentar a competitividade. As nossas áreas de especialização são:

– Recursos Humanos
– Outsourcing
– Trabalho Temporário
– Formação Profissional certificada pela Dgert

Mais Informação AKI

a7TT Trabalho Temporário - Setúbal

a7 TT – Empresa de Trabalho Temporário

A a7 TT – Empresa de Trabalho Temporário, Lda., foi criada em outubro de 2008, para ampliar e de uma forma mais abrangente, se colocar competitivamente, no mercado da Prestação de Serviços nas mais variadas áreas, assim como na Gestão e Cedência de Recursos em Outsourcing e em Regime de Trabalho Temporário.

As nossas áreas de especialização são:
– Trabalho Temporário
– Outsourcing
– Recrutamento e Seleção

Mais Informação AKI

Parque Urbano de Albarquel - Setúbal

O Parque Urbano de Albarquel foi inaugurado, em Maio de 2008, o faz deste espaço a mais recente zona verde da cidade de Setúbal.

Praticamente no sopé da serra da Arrábida, encontra-se junto do rio, oferecendo uma vista deslumbrante para o estuário e Troia.

É um dos locais mais procurados pela população para usufruir de momentos de ócio.

Os cerca de quatro hectares estão equipados com café-bar com esplanada, restaurante, parque infantil e uma galeria de exposições.

É possível andar de bicicleta pelo parque. Aos sábados de manhã realizam-se, habitualmente, várias atividades desportivas e de lazer, como aulas de tai-chi.

Equipado com estacionamento próprio. Encontra-se no limite ocidental da cidade, na saída para as praias. Acesso pela Rua da Saúde.

Parque Urbano de Albarquel

Fonte: http://www.mun-setubal.pt/

Parque Verde da Bela Vista - Setúbal

Com uma área de dez hectares, esta é a maior zona verde da cidade. Aberto ao público desde 2003, o Parque Verde da Bela Vista faz jus ao nome.

Extensos relvados, polvilhados pelas sombras dos inúmeros pinheiros mansos, convidam a piqueniques e merendas. Um dia em família enquadra-se no espírito deste parque, dotado também com um parque infantil.

O desporto marca igualmente forte presença, existindo para o efeito pistas de manutenção, campos de jogos e balneários, além, naturalmente, dos relvados, onde se podem praticar os mais variados desportos de campo.

A vista panorâmica é talvez o ex-líbris do parque, que proporciona uma paisagem singular para o rio, a península de Troia, a Arrábida e a cidade.

O cume mais alto do relevo algo acidentado, onde se encontra uma simpática capela restaurada, é passagem obrigatória para se poder admirar este quadro de Setúbal. Aberto todos os dias do ano, localiza-se próximo do Bairro da Bela Vista, com acessos através das avenidas da Bela Vista e Belo Horizonte.

Parque Verde da Bela Vista

Fonte: http://www.mun-setubal.pt/

Jardim do Bonfim - Setúbal

A origem de um espaço verde no local, onde se situa o parque do Bonfim, remonta ao século XVI, quando D. Manuel I adquiriu a Herdade Barbuda, a Norte do Postigo de Santa Catarina, na confluência com a atual avenida 5 de Outubro.

Naquele vasto terreno mandou plantar um aprazível jardim. Ao longo dos anos, o jardim sofreu várias obras e ampliações. O atual foi concebido pelo arquiteto paisagista António Viana Barreto, no início dos anos 60, década da sua construção.

Desde então, a estrutura do parque sofreu pequenas alterações, como a criação de novos caminhos devido ao aumento de utilização como zona pedonal.

Este jardim público, situado na freguesia de São Julião, ocupando uma área de 42.531 metros quadrados, sofreu uma intervenção entre 1996 e 1998, que permitiu a instalação de rega automática e de novo imobiliário urbano, bem como a melhoria do sistema de drenagem, a recuperação da iluminação e dos pavimentos.

Relativamente ao material vegetal privilegiou-se a manutenção de todas as árvores e arbustos em bom estado vegetativo. Todos os relvados foram reinstalados. Como elemento vegetal singular referencia-se um exemplar de pinheiro buni (Araucária bidwilli).

No inventário do património arbóreo, iniciado em 2000, foram registadas 339 árvores pertencentes a 40 espécies diferentes. O elemento “água” marca presença de variadíssimas formas – do bebedouro à fonte, do lago à linha de água que ocorre ao longo dos caminhos. Este pulmão verde da cidade continua a ser o mais procurado pelos setubalenses.

Jardim do Bonfim

Fonte: http://www.mun-setubal.pt/